sábado, 21 de junho de 2008

Cheiro de mato
Cheiro morno o seu chamego
Tenho sede, o seu suor
É água que eu quero beber...
Lhe faço festa
Faço dengo lhe mordendo
E essa coisa vai crescendo
Lhe derramo em você
Huuuum!

O nosso beijo é doce
Que nem rapa-dura
É uma dor que não tem cura
Que é bom de deixar doer
O mundo pára
Enrolado nesse abraço
E no disparo do compasso
A gente mexe sem querer

Ai! Ai! Ai!Eu quero mais!
Ai! Ai! Ai!Eu quero muito mais!
Eu quero mais
Muito mais dessa brincadeira
Se enrolando na esteira
Coisa boa de brincar
Eu sou que nem
Um vira-lata vagabundo
Meu maior prazer no mundo
É ter você prá farejar

Raul Seixas/ Kika Seixas/ Cláudio Roberto

'Mamãe, eu não queria
Servir o exército."

3 comentários:

Bya Magoliver disse...

Não sabia que vc tinha um blog, little artist.
Hehehe..
Parece que a maioria dos nossos amigos de infância, são artistas, né?
Muito legal isso!

Beijo, conte com a minha visita, sempre!

Bya. =)

bya magoliver disse...

Pois é...
Tem coisas que saem melhor.

Estou falando de vc e de victor que são atores, amigos de infancia, artistas também.

O que é super legal!!! XD

SP é uma cidade agressiva, e as pessoas são frias e grosseiras, generalizando.
Isso é o ruim. Se vc não acha as pessoas certas pra morar e se relacionar, vc vira um peixe fora d'água e fica só pensando como a sua cidade era ótima e vc reclamava demais... hehehehe

Um beijão, apareça.
Tem alguns poemas em português, depois te mando os links, ok?
Saudades, pequena.

Luiz e o Vento disse...

EU TE AMO!!!!!
( PRECISO FALAR MAIS ALGUMA COISA?)
ENTÃO TÁ:

^TÔ COM SAUDADESSSSSSSSSS!!!!!!!!


OBS* ADOREI ESSA MUSIQUIM.....